sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O Natal, o Bom Velhinho, os Presentes e o Obrigada!

Sim, sim... Existem muitas linhas de pensamento para a comemoração de muitas datas festivas...
Existem os que acreditam apenas que são datas comerciais e consumistas...
Até posso concordar com isso EM ALGUMAS SITUAÇÕES!

Aqui em casa não é assim!
Aqui, em primeiro lugar pregamos o verdadeiro sentido do Natal. Somos cristãos e acreditamos que o nascimento de Jesus foi uma prova de amor de Deus para com todos nós!!! (Cada um com a sua crença, ok?!). Também acreditamos que é um período de amor, de doação, de relembrar a que Jesus veio...
Durante todo o ano, separamos roupas, calçados, objetos e brinquedos que estejam em bom estado (nada de brinquedos quebrados e roupas rasgadas!) e doamos. Doamos para instituições, creches e conhecidos... Pessoas que realmente precisam daquilo!!!
No Natal também fazemos isso e fazemos mais... Cada ano ajudamos alguém de uma maneira diferente: pegamos uma cartinha no correio e doamos o que foi pedido, "adotamos uma criança" e damos roupas e brinquedos, ajudamos instituições de caridade...
Esse ano, o Henrique já entende mais e participou dessa doação: Deu um livrinho e um brinquedo para uma criança carente! Foi um aprendizado e tanto!!! Espero que esse sentimento de desapego, doação e amor cresça dentro dele cada dia mais...

Quanto ao Bom Velhinho, tem quem diga que é ótimo estimular a fantasia das crianças, tem quem diga que isso é bobagem (que temos que cultivar a imaginação e não a fantasia!)...



Li esse post do Lar Montessori (que amo e que minhas idéias batem de frente!) e concordei com alguns aspectos e discordei de outros...

Minha opinião? Para mim a fantasia faz parte da imaginação. O Henrique é tão criativo e imaginativo... Sempre viveu rodeado de fantasia (personagens de livros, histórias, desenhos animados... e por que não Papai Noel, Coelhinho da Páscoa...).
Montessori também era a favor da leitura, da observação de obras de arte... Tudo isso mexe com a imaginação e também com a fantasia! Quando lemos ou contamos uma história para uma criança, criamos em sua cabecinha (nem que seja por alguns minutos) que aqueles personagens são reais, que a história aconteceu de fato!!!
Além disso acho que a Páscoa, o Natal são mágicos! Trazem uma magia única e estão vinculados com a realidade! São símbolos de fatos reais... No caso do Coelho, a fertilidade... No caso do Papai Noel, ele existiu (em cada cultura de uma maneira diferente)! Foram vários homens: São Nicolau (culturas ocidentais), São Basílio (na Grécia), São Nicolau Taumaturgo (Turquia) - que ajudava anonimamente quem estivesse em dificuldades financeiras... Ou seja o Papai Noel é inspirado em homens bons e caridosos! Por que não deixar nossas crianças acreditarem enquanto podem na figura do Papai Noel e estimular a preocupação com o próximo, a generosidade, a caridade e a doação?!
Acho que não devemos usar o Papai Noel como moeda de troca: "Você precisa se comportar para ganhar um presente do Papai Noel". Não! As crianças precisam se comportar porque é dessa maneira que vivemos em sociedade: com respeito, educação, etc...

Presentes? Devemos dar ou não? Se pudermos, por que não presentear quem amamos?
Podemos sim presentear durante todo o ano e não somente nas datas festivas... Mas podemos também impor limites. Não posso dar presentes sempre que a criança quiser alguma coisa, então vou definir datas: Natal, aniversário e dia das crianças!
Agora, cá entre nós! Adoro presentear as pessoas que amo!!! Se posso dar um presente dou mesmo!!!

Bom, o post já se prolongou muito!!!

Por isso vou para a parte final: OBRIGADA!
Obrigada a todos os meus leitores e seguidores que me fazem continuar escrevendo por aqui...
Obrigada por mais um ano de histórias, dúvidas, sugestões e acontecimentos compartilhados!!!

Desejo a todos vocês um Feliz Natal e um Ano Novo maravilhoso, cheio de PAZ, SAÚDE, AMOR... e que nós, seres humanos, melhoremos a cada dia como pessoas!!!



Beijos!!!

Lívia.

7 comentários:

Mamãe pela 2ª vez disse...

Concordo com tudo, aqui Ubiratan sabe que papai noel não existe ele diz que é o pai dele que compra seu presente, mas nem por isso deixo de enfeitar a casa e espalhar um monte de papai noel na sala.
Feliz Natal para sua família bjus

Ana Paula disse...

Li, um beijo nosso para sua linda família!
Cores, alegrias, sorrisos, sempre!
beijo

Flávia Brito disse...

Li, Feliz Natal e bom ano novo para vocês também, viu. Foi muito bom te acompanhar este ano. Beijos!

Ilana Galhardi disse...

Oi, Li, que saudade!!!
Desejo um ótimo Natal pra vcs!
Muito amor, humildade, harmonia, alegria...
Bjo especial no Henrique!!!
E um abraço cheio de luz pra vcs!
bjs

Claudia disse...

Oii, sim o assunto gera várias opiniões, mas o que vale mesmo é a alegria da familia. Eu amo essa época do ano. Passei aqui pra te desejar um feliz natal e um ótimo ano novo. Bj. Claudia

Laiz disse...

Obrigada você Li, por sempre nos trazer posts gostosos e um pouquinho da sua diversão em família!!! Um Natal maravilhoso pra você!! Cheio de amor, saúde e alegrias! Adoro vocês!!!! Bjooooo enormeeeee

Érica disse...

O Natal já passou, mas o desejo de Boas Festas são para todas as ocasiões! Feliz restinho de ano e que 2013 seja espetacular!

http://maedemeninaearte.blogspot.com.br/