terça-feira, 26 de junho de 2012

A mãe Coruja e as pérolas de Henrique...

Sou sim uma mãe coruja. Muito coruja mesmo!!!
Não tem como não ser!
Para mim, o meu filho é a melhor pessoinha do universo, o mais fofo, o mais meigo, mais lindo, mais tudo... Mas, qual é a mãe que não pensa isso do seu filho, não é?!

(imagem tirada da internet)

Vejam se é possível não ser fã e coruja de uma criança que aos dois anos de idade usa as palavras:
* "Poi favoi, mamãe!" - por favor.
* "bigado!" - Obrigado!
* "dipulpa!" - desculpa!
* "saúde" - saúde mesmo!
* "quéo fazê cainho!" - quero fazer carinho!
* "mém" - amém (após as orações)

Dá vontade de morder! Por falar em mordida, vejam as pérolas de Henrique:

(imagem tirada da internet)

1-)
_ Henrique, posso te dar uma mordida, filho?
_ Não mamãe, só bezinho!
Então dei um beijinho nele e ele me respondeu:
_ Ai mamãe, tô ogulhoso!
Fofo!!! Quase que eu mordo mesmo!!!

2-) Eu dando banho no Henrique e também tomando banho. Eis que surge a temida pergunta:

_ Mamãe, ué, cadê pipi?
_ A mamãe não tem pipi porque a mamãe é menina. O Henrique tem pipi porque o Henrique é menino!
Pareceu satisfeito com a resposta. Ótimo!

3-) Num outro dia: papai fazendo a barba coloca espuma no rosto do Henrique que brinca no espelho com o pai. Depois da brincadeira:

_ Cadê baiba mamãe?
_ Filho, eu não tenho barba porque eu sou menina. O papai tem barba porque o papai é menino!
Mais uma vez satisfeito com a resposta!

4-) Terceiro momento: vovô fez uma cirurgia e o Henrique viu a cicatriz em sua barriga. Momentos depois tenta levantar a minha blusa, então eu pergunto:

_ O que foi Henrique?
_ Qué vê dodói! (achou que eu também tinha uma cicatriz na barriga!)
_ A mamãe não tem dodói, filho!
Eis que ele me responde:
_ Mamãe é menina, vovô é menino!
Morri de rir!!!

Ah! venho dizer que me ausentarei do blog por alguns dias pois estaremos viajando de férias!!! Oba!!!
Depois que voltar trago mais novidades!!!

(imagem tirada da internet)

Lívia.



sexta-feira, 22 de junho de 2012

E a educação, como está?

Hoje abro o meu coração como mãe e como educadora...
Sinceramente quero acreditar (mas já não sei se é possível!) que a maioria dos meus colegas professores não é como muitos que tenho visto atualmente e que estão me deixando desacreditada de um mundo melhor e de pessoas melhores...

Visitando muitas escolas, tenho visto alunos desinteressados, mal educados, desrespeitosos... Num grau que eu não poderia imaginar que fosse possível! Sei que o meio influencia e que a maioria desses alunos vêm de famílias muito carentes... Carentes financeiramente, carentes de educação, carentes de carinho e amor e carentes de um futuro melhor. Percebo que as crianças já chegam na sala de aula sentindo-se, como elas mesmas dizem: "bagunceiras", "burras" e outras coisas mais.
Se elas já têm esse paradigma preso em suas cabeças, se acreditam que são assim, como poderão fazer diferente?
O pior é que vejo muitos professores que não têm consciência do seu valor e da sua importância no processo educacional! E não adianta dizer que é porque têm salários baixos! Acho que os professores precisam ser mais valorizados e precisam ganhar mais sim, mas não acho que essa seja a resolução do problema que vivemos hoje...
Vejo muitos professores que dizem assim: "Eu sou concursado, não posso ser mandado embora, então não tentarei mudar nada!". Simplesmente comparecem na sala de aula para bater ponto, aturam seus alunos e pronto! Abonam sem motivo, não têm interesse em nada!!! Ganhar mais não mudará ESSES professores! As cabeças deles é que precisam mudar!
Que caos é esse que estamos vivendo? O que é isso? Eu não posso aceitar uma coisa dessas!
Nós, professores, precisamos tentar mudar o mundo e só conseguiremos isso de maneira conjunta e consciente! Somos exemplos: o que falamos, como falamos, como nos vestimos, o que comemos, como comemos, como nos portamos... Tudo isso é observado pelos nossos alunos e por seus pais...
Não temos que aceitar a educação como está e lavarmos as mãos! Temos que lutar por pessoas melhores! Temos que respeitar os nossos alunos!
Se você quer ser respeitado, precisa respeitar também!

Outro dia vi uma briga imensa entre dois alunos, depois de separados, um deles disse para o outro que iria quebrar os seus dentes. A professora simplesmente responde: "Não faça isso! Dará muito trabalho para a fada do dente!"(debochando dos alunos!). Isso é atitude de professor consciente?

Num outro momento, outra escola... Um aluno (de uma classe de crianças de cerca de 6, 7 anos) reclama que outro está falando alguma coisa e o professor responde: "O ...(nome da criança)... falando é a mesma coisa que um cachorro cagando!". Que falta de respeito para com seu aluno! Que palavreado chulo e grosseiro!

É uma bola de neve: crianças carentes e desrespeitosas, pais ausentes e permissivos, professores desinteressados e grosseiros e um sistema educacional que não ajuda!

Temos que fazer alguma coisa!!!

Desculpem o desabafo!

Segue um vídeo maravilhoso sobre o sistema educacional. Nova visão de mundo!!!


Enjoy!

Lívia.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Mães...

Ser mãe é... (apenas através de imagens...)


Mary Cassatt

"Madame Monet e criança no jardim" (Monet)

"Maternidade" (Eliseu Visconti – 1866/1944)

(Edmund Charles Tarbell) "Mãe e filho em um barco"

Gustav Klimt

Mary Cassatt

"Mãe e filha"  (Albert Anker - 1831-1910)

"Mãe com seus filhos" (William-Adolphe Bouguereau)

Mary Cassatt

"Mother holding her two boys"  (Julie Nicholls)

"Maternal Kiss" (Mary Cassatt - 1897)

Mary Cassatt

Ederick Richardson

"Mother and child" (Mary Cassatt - 1900)

Mary Cassatt

Kolongi

"Mãe lendo para bebe dormir"  (Nicolas Maes - Holanda, 1634-1693)

"A mãe e o filho" (Picasso)

"Maternidade" (Picasso - 1905)

Kolongi


(Edmilson Costa - 2006)  "Abraço de mãe"

"Débora e suas crianças" (Peter Paul Rubens – 1577/1640)

"Mãe com criança enferma" (Picasso)

* Algumas telas aparecem apenas com o nome do artista pois não encontrei o nome da obra.

Lívia.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Jantar de Dia dos Namorados

E o nosso jantar de dia dos namorados foi assim...
Resolvi fazer um jantar romântico.

Entradas: Folhadinho recheado de queijo Saint Paul e Batata surpresa...





Prato principal: Arroz ao vinho branco e pinhão e filé de abadejo ao molho de alcaparras...



Sobremesas: Brigadeiro de colher e pavê de chocolate com doce de leite... Hummm!!!!



Jantar nota 10 e companhia nota 1.000!!!

Rafa, mais uma vez amo você!!!

Lívia.



terça-feira, 12 de junho de 2012

Amor, ah o amor...

O amor é algo que bate no peito e não vai embora como a paixão!!!
O amor bateu em meu peito quando eu ainda tinha 14 anos e nunca mais se foi...
É, Rafa, ainda te amo e sempre te amarei. O amor que sinto por você nunca foi embora. Muito pelo contrário, cresce a cada dia! Como pode isso? Mas é a mais pura verdade!!!

Hoje quero te agradecer por ser essa pessoa tão especial. Tão amigo, companheiro, cúmplice, parceiro, apaixonado, romântico e acima de tudo o meu AMANTE. Meu eterno namorado...
Obrigada por me fazer feliz sempre e por sempre estar preocupado com o meu bem-estar e por ser o PAIZÃO que você é para o nosso Henrique!

Feliz Dia dos Namorados para você!!!
Te amo e sempre te amarei!!!



Sua Li.



A todos os amantes e apaixonados: Um Feliz Dia dos Namorados!!!

Lívia.

domingo, 10 de junho de 2012

Diversão não é só o nome desse blog!

Pois é, diversão é muito mais...

Batemos o carro, ficamos alguns dias sem nenhum carro, alguns dias com o carro reserva (terrível, velho, pequeno...), alguns dias com o carro emprestado da minha cunhada e ficaremos mais uns dias sem nenhum carro... Mesmo assim, bom humor é o nosso lema e vamos que vamos!!!

No dia do aniversário do Henrique eu e minha cunhada o levamos ao espetáculo teatral "Marcelo, marmelo, martelo e outras histórias" da Cia Paulista de Artes, com direção de Marcelo Peroni e direção musical de Estevão Marques (brincante do Palavra Cantada). Foi ótimo, o Henrique adorou, ficou concentrado, prestou atenção e nos divertimos na certa! Depois até fez perguntas sobre a peça... Uma graça!!!
Ontem, sábado, o papai, o Henrique e eu fomos a outro espetáculo teatral: "A menina que entra em livros". Muito bom também!!! A peça fala sobre uma menina que irá ganhar um irmãozinho... Adoramos!!! Mais uma vez, diversão para valer!!!

Recomendo as duas peças teatrais!!! Vale a pena conferir!!!

Lívia.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Ele tem 2 anos!

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que passaram por aqui e deixaram um recadinho, uma mensagem no aniversário do Henrique. É sempre bom ouvir felicitações e palavras carinhosas!!!

Agora quero contar como foi o aniversário do meu meninão, pois é, agora ele tem 2 anos!!!
É uma mistura de bebê e menino...
Já dorme na cama, ainda chupa chupeta...
Toma no copo de treinamento, usa macacão com pézinho para dormir...
Fala de tudo, brinca de tudo, se vira sozinho... não larga o Naninha!!!

Bom vamos ao aniversário!

Logo cedo a titia Carol veio nos buscar e fomos passear. Almoçamos no shopping, visitamos a livraria, depois brincamos no parquinho. O Henrique se acabou de brincar no trenzinho, caminhão, carrinho, com os patinhos... Se divertiu até não dar mais...

Dormiu!

Acordou e lá fomos nós de novo. Fomos assistir ao espetáculo teatral "Marcelo, marmelo, martelo e outras histórias". O Henrique amou! Ficou quietinho, concentrado... Batia palminhas, cantava e até arriscava uma perguntas: "Poique cassolinho xolô?"... Muito fofo!!!

Recebeu inúmeros telefonemas de PARABÉNS!

Em casa ganhou um Ukululê da mamãe e do papai. É um instrumento musical parecido com um cavaquinho. Ele adora música e gosta de tocar vários instrumentos musicais (ao modo dele, é claro!).
Brincou muito!!!

No sábado fizemos um bolinho para ele e chamamos os mais íntimos. Foi uma delícia!

Filho, mais uma vez Parabéns!!! Que Deus te abençoe cada dia mais!!!

Te amamos!!!

Mamãe e Papai.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

2 anos de vida!!!

Muita coisa aconteceu nos últimos dias: muito trabalho, muita correria, carro batido... Loucura total!!!
Ainda estamos nos ajeitando com o carro reserva, o trabalho anda a todo vapor, mas o mais importante e que tem demandado tempo é que mais um aniversário do meu filhote chegou! Quanta emoção!!!

(imagem tirada da internet)

Henrique,

Não tenho palavras para dizer tudo o que sinto no dia de hoje! São dois anos de vida... Sua vida, minha nova vida, uma nova vida para o papai e uma nova vida em família. Mais trabalhosa, mas muito, muito melhor!!!
Hoje minha mente fica relembrando todos os momentos desde o dia do seu nascimento... Sua carinha suja de sangue assim que saiu da minha barriga, seu chorinho agudo de recém-nascido, sua boquinha aprendendo a mamar, seus soluços e os banhos sofridos pelo frio de junho...
Eu me descobrindo como mãe, você descobrindo o mundo... Nossas trocas de olhares em cada mamada, as músicas de ninar que cantava para você... o rolar, o sentar, o ficar em pé, o andar, o falar... Cada fase vivida por nós... Uma melhor do que a outra... O amor crescendo no peito de um jeito que parece que o coração dessa mãe aqui vai explodir!!! Como pode existir um amor como esse?!
A primeira vez que você disse MAMÃE, os olhos marejados de uma mãe que vive chorando de alegria e de emoção desde que se descobriu grávida! Meus olhos estão sempre assim... Agora, não posso evitar que algumas lágrimas caiam sobre o teclado!
Hoje você já fala de tudo... Brinca sozinho, canta e dança... Os nosso momentos são outros: brincadeiras dentro de casa, brincadeiras no parque, bolinha de sabão, cócegas... As trocas de olhares e carinhos continuam... Agora você retribui, beija, abraça, faz carinho... Às vezes você mesmo é quem diz: "abaço" ou "bezo" e me abraça ou me beija... É tão gratificante, tão encantador...
É claro que existem os momentos de tensão, de teimosia, de testes... mas não são nada comparados aos outros momentos...
Você, meu filho, é meu grande companheiro... Está comigo em todos os lugares!!!
Ser mãe para mim é uma mistura de sentimentos: alegrias, ansiedade, medo... É um eterno acostumar-se com a nova rotina (que apesar de ser rotina, muda a cada nova fase). É cuidar de alguém que depende exclusivamente de mim, é um conflito entre querer e não querer, poder e não poder... mas com certeza é tudo que eu sempre desejei. Não há nada no mundo como ser MÃE. Não há nada no mundo como ser SUA MÃE!!!



Amamos muito você e sempre te amaremos!!! Você é nosso bem maior, nossa prioridade!!!


Feliz aniversário e tudo de melhor para você!!!


Que o Papai do Céu continue te dando muita saúde e esteja sempre ao seu lado!!!

Beijinhos!!!

Mamãe e Papai.