sexta-feira, 13 de abril de 2012

Infância livre de consumismo!

Gente esse post estava programado para ontem, mas o blogger não funcionou, então hoje coloquei ele no ar...

Há alguns dias li no blog da Anne: Super Duper, que ela tem acompanhado um debate de um movimento chamado "Infância Livre de Consumismo". Nesse post, ela nos pede para refletirmos sobre o assunto e nos convida a participar de uma blogagem no dia de hoje sobre o assunto.
O desafio é escrever a nossa opinião a respeito das propagandas direcionadas aos nossos filhos, se achamos que elas são prejudiciais ou não ao desenvolvimento das crianças, se as propagandas são mal intencionadas (aproveitando-se da inocência delas)...

Refleti e resolvi participar desse debate!

Eu acredito que hoje em dia temos um grande número de propagandas: seja na televisão, revistas, outdoors, etc... As propagandas têm se expandido e se espalhado cada vez mais com o objetivo de atingir tanto o público adulto quanto o público infantil!
Obs: O Henrique nunca foi ao Mc Donald's, mas vê o "M" amarelo e diz: "Medônads", vê o baianinho e diz: "Bahia" (Casas Bahia)... Ou seja, as propagandas fazem efeito...
Sim, hoje vivemos em um mundo CONSUMISTA e devemos lutar contra isso! Prova disso é a quantidade de coisas desnecessárias que acumulamos em nossas casas e o aumento de lixo que a nossa sociedade produz.

No entanto, não posso culpar única e exclusivamente as propagandas por essa febre consumista que a nossa sociedade vive hoje. As marcas, os fabricantes querem vender, óbvio! É assim que eles ganham dinheiro! Assim como em qualquer profissão, quanto mais trabalharmos e "vendermos" o nosso trabalho, mais ganhamos! Não podemos negar isso!!!

Tudo isso para chegar ao meu ponto de vista sobre as propagandas para o público infantil: Sou contra o Consumismo, mas NÃO SOU CONTRA as propagandas e NÃO AS VEJO COMO VILÃS!
É nosso papel (dos pais) educar!!!

O nosso papel (pais e educadores), ao meu ver, é:

1 - Controlar o tempo dos nossos filhos em frente a televisão.
2 - Supervisionar o que assistem.
3 - Diálogo! Não podemos e não precisamos de tudo o que vendem por aí.
4 - Passar os principais e verdadeiros VALORES. (O que precisamos e o que queremos para sobrevivermos e sermos felizes)

Se conseguirmos controlar isso e se educarmos nossos filhos para isso, estaremos criando pessoas conscientes do papel delas na sociedade e conscientes do que são elas mesmas (auto-conhecimento).

Acho que enquanto não nos responsabilizarmos pelos nossos filhos e procurarmos um culpado para tudo ou uma desculpa para tudo o que fazem nossos filhos (e digo em termos sociais também!), estaremos criando pessoas descomprometidas, mimadas, individualistas... (temos visto muitos jovens assim hoje em dia, que só se preocupam com o seu umbigo!).

"Os problemas começam quando essa tentativa de estabelecer um laço mais autêntico resvala para uma situação completamente absurda em que por nada no mundo a criança pode ser contrariada ou se sentir minimamente desapontada."

(Rosalind Wiseman - Revista Veja de 29 de fevereiro de 2012 - pg 20)

Essa é a minha opinião. E vocês, o que acham?

Lívia.

9 comentários:

Minha Filha Minha Vida disse...

Amiga olha eu aqui .... pois é me senti meio "a pior mãe do mundo pq a Bela ja foi variassss vezes no MC" masss em minha defesa sim ela tem uma alimentação saudavel ótima !!!

quanto as propagandas eu sinceramente penso como você .... não é achando um culpado que vamos resolver o problema ....

adorei o post ...

beijão !

Ich, Hausfrau disse...

Concordo com vc Livia. A gente não vai conseguir com que as empresas parem de fazer propagandas consumistas e cabe a nós pais controlar isso na vida dos nossos filhos. bjo

Paula Martinelli, a Mãe da Catarina. disse...

Adorei o post! Parabéns!
Conheci o seu blog hoje e já estou seguindo.
Beijos

Diário de uma mãe disse...

olá! já estou seguindo seu blog!bjs

Mamãe quem fez! ... disse...

Olá Lívia, obrigado pela sua visita...
Apareça sempre!
Bjinhos

www.mamaequemfez.com.br
www.mamaequemfezinspira.blogspot.com

Anônimo disse...

Concordo com você, Lívia. Temos que cuidar dos nossos filhos. Nós somos os responsáveis por eles...

Ana.

Cristiane disse...

Hoje precisamos ser pais de muita conversa, porque tá complicado viu... Cris

Aline Patrícia disse...

Olá Lívia!!
Vim retribuir e agradecer sua visita lá no blog!
Adorei seu post!
Não participei da blogagem coletiva pq pela idade da minha pequena não tenho experiencia pra compartilhar!!
Adorei seu blog! Vou segui-lo!!
Seja sempre bem vinda lá no meu cantinho!
Bjos! Bom final de semana!!

http://maeparatodavida.blogspot.com.br/

Jaime disse...

Olá Lívia,
Me sinto um pouco isolado aqui, afinal de contas, não sou mãe (sou pai...rsrs)!
Conheci seu blogue há pouco tempo, mas estou a gostar muito de seguir. Parabéns!

Quanto a este post, muito bom. É fácil dizermos mal de tudo o que pode causar má influência nos nossos filhos, e há muita coisa assim. No entanto concordo consigo, os pais têm uma responsabilidade enorme e o seu papel é essencial na formação das crianças.

vou continuar seguindo
bjs
jaime