terça-feira, 20 de dezembro de 2011

A nossa história...

Hoje é um dia muito especial, faz exatamente 15 anos que eu e o Rafa estamos juntos!!!
Quinze anos!!! Meu Deus! Como o tempo passa rápido!


Por isso, resolvi dividir com vocês um pouco da nossa história:


Eu e o Rafael nos conhecemos na adolescência. Ele estudava com a minha prima desde que eram crianças e nos víamos sempre nos aniversários dela...


Comecei a fazer teatro quando ainda era criança e trabalhava nisso, apresentei algumas peças de teatro e parei quando tinha 14 anos para estudar mais... Sempre fui bem na escola, gostava de estudar, mas entrei no colegial (escola particular) e meus pais acharam que eu precisava de mais tempo para a escola!


Bom, o que importa é que quando eu tinha uns 12 anos, minha prima e alguns amigos foram assistir uma de minhas apresentações e ao final subiram ao palco para me cumprimentar. Foi assim que o Rafael foi realmente apresentado para mim!
Depois disso só nos víamos nos aniversários da minha prima mesmo!


Depois de um tempo (dois anos), eu estava virando a esquina do quarteirão em que ficava o prédio em que eu morava e vi lá de longe o Rafael entrando no prédio. Pensei comigo mesma: - não pode ser! e saí correndo para encontrar com ele. Lógico que quando entrei no prédio fingi que era uma surpresa e disse: - Oi, o que você está fazendo por aqui? e ele respondeu que iria se mudar para lá e ele estava com os pais arrumando o apartamento e me disse que se mudaria no final de julho. Eu disse que morava no apartamento 74 e ele me disse que mudaria para o 34.


Em agosto eu faria 14 anos e queria convidá-lo para o meu aniversário, mas ele não se mudou. Mudou-se no dia 3 de agosto, dia da festa e eu não consegui fazer o convite que eu tanto queria. Nesse período o Rafael já não estudava mais com a minha prima, embora continuassem amigos!


Logo que o Rafael se mudou, eu estava me formando na 8a série e levava sempre uma rifa para ele comprar. Na verdade o meu intuito era ver aquele menino tão lindo, educado e especial!


Ia quase todos os dias tocar a campainha com uma nova rifa para ajudar na formatura!
Um dia, sem rifas nas mão, parei em frente a porta do seu apartamento e fiquei pensando em qual a desculpa que eu iria dar para tocar a campainha naquele dia. Enquanto isso, uma amiga minha desceu naquele andar e perguntou o que eu fazia ali. Ela não sabia absolutamente nada da história!!! Eu fiquei sem saber o que responder e ela me perguntou se eu ia falar com a Carol. Com uma cara de pau lascada, toquei a campainha e disse que sim.


Quando o Rafael abriu a porta eu perguntei pela Carol. Ele estranhou um pouco e disse que ela tinha ido dormir porque estava com muita dor de cabeça. (para a minha sorte! - e depois vim a saber que Carol era a irmã dele).
Depois ficamos amigas (hoje somos como irmãs!) e sempre que nos reuníamos no prédio para conversar, jogar (o pessoal do prédio - éramos em mais ou menos 10 pessoas) eu convidava a Carol e o Rafael (mas ele descia bem de vez em quando - adorava estudar!!! - adora até hoje!!!).
Mas, em cada descida uma paquera...


Em dezembro (18/12/1996), minha prima fez mais uma festinha de aniversário e nos convidou. Eu liguei para o Rafael e perguntei se ele queria ir comigo e com a minha irmã (que teve um papel forte e indispensável de amiga, companheira, irmã, topa-tudo e cupido!!! - me ajudava nos meus planos secretos (quase planos do tipo: Cebolinha da Turma da Mônica) para encontrar o Rafael sem que ele descobrisse que não era acaso ou obra do destino, mas que a gente se esbarrava toda hora no prédio propositalmente...).
Ele respondeu que sim, mas faltando uma hora para a festa que aconteceria há um quarteirão do nosso prédio ele disse que não iria comigo porque ainda tinha que tomar banho!


Fiquei muito nervosa e eu e minha sister fomos sem ele...
Depois que ele chegou na festa eu não fui falar com ele, até que arrastada por um amigo em comum (hoje, padrinho do Henrique) eu fui falar com ele. Ele me pediu em namoro... Eu fiquei com medo do beijo (que eu nunca tinha dado) e pedi para pensar!


Depois de dois dias, chamei ele em casa e respondi que sim! Nos beijamos e não paramos nunca mais!!!
Nunca ficamos (nós dois e nem com ninguém!). Começamos namorando direto. Foi meu primeiro beijo e o primeiro beijo dele... Fizemos e passamos por tudo juntos!!!
Vestibulares, faculdades, primeiro emprego, formaturas...


Não sabemos viver um sem o outro...


É: 7 anos de namoro + 3 anos de noivado + 5 anos de casamento...


Parece que foi ontem...


É incrível, mas depois de 15 anos juntos ainda me apaixono todas as vezes que olho para ele, ainda me encanto com os seus olhos, o espero chegar em casa ansiosamente... O amo cada dia mais... Gosto de ver ele sorrir, me divirto e rio com ele... Me sinto feliz, amada, segura ao seu lado e ainda descobri um pai incrível!!! Me apaixonei ainda mais quando ele me deu o Henrique de presente, quando o vi segurar o Henrique pela primeira vez, quando vejo os olhos cúmplices dele e do Henrique se olhando... Quando vi ainda no hospital ele dar o primeiro banho no Henrique enquanto eu ainda me recuperava da anestesia...


É, Rafa, ainda me apaixono por você todos os dias! Te amo cada dia mais!!! Amo estar com você!!!
Te amo ainda mais do que quando quando começamos a namorar!!!


Parabéns pelo nosso dia!!!


Beijos meus e do Henrique (o fruto do nosso amor!!!)


Sua Lí.

18 comentários:

Karla disse...

Linda história a de vocês! Parabéns pela longa estrada juntos!
Só faltou uma foto para ilustrar! rs

Beijos!

Anônimo disse...

Lí, minha florzinha.

Obrigado pela lembrança da nossa história. Terminei de ler com uma lágrima escorrendo pelo rosto.

Obrigado por me fazer o homem mais feliz do mundo.

Parabéns pelos nossos 15 anos.

Te amo.

Rafa.

Stella disse...

Awn q lindo... realmente é uma linda historia de amor...
Q venham muitos e muitos anos
bjs

Diário da mãe e da filha disse...

Que história linda!!
Parabéns pelos 15 anos, que seja o primeiro de muitos. Muitas felicidades, saúde e muito mais amor, rs. E que Deus os ajude para cuidar do Henrique, rs.

Beijos!

Paula disse...

Livia parabens por essa historia tao linda! E que sotte vcs tiveram de se encontrar tao cedo e ser perfeito!!! Que vcs continuem se apaixonando um pelo outro sempre e sempre! Um beijo e Feliz Natal pra familia!

Re disse...

Ai que historia mais linda. Parabens para o casal.

Anônimo disse...

Oi, Lívia.
Que bom reve-la mesmo que sendo na telinha.
Lí, sou a Paula que fez o curso de Pedagogia com você no Anchieta, lembra?
Aquela que contou pela primeira vez à uma pessoa muito especial que iria ser Mãe, acho que agora você lembrou.
Que saudades, gostaria muito de conversar com você, acredito que temos muitas "coisas" para colocar em dia.
Que que lindo você já é Mamãe e uma mamãe super apaixonada por dois amores.
Fiquei muito feliz de ter encontrado seu blog.
Beijos e um abraço bem forte carregado de saudades...
Paula Graciela
Me escreva: paula_graciela24@yahoo.com.br

Laís Brigoni disse...

Que lindo Li e Rafa, com certeza Deus fez um para o outro e assim se completam, são felizes e "dão os frutos" mais belos ainda :)
beijo grande

Ilana Galhardi disse...

Li, linda e emocionante sua história!!!
Percebo um amor mto intenso que vc faz e sempre fez de tudo para alimentá-lo... E um respeito mto grande tb de ambas as partes!
Admiro mto vcs! E desejo mta felicidade e amor para o casal e família linda q são!!!
Um grande abraço minha querida amiga!
bjos

Dayane disse...

Que linda história, Livia! Difícil um amor de adolescente durar assim. Vocês realmente foram feitos um pro outro. Imagino como deve ter sido ótimo passar todos os momentos importantes da tua vida com a pessoa amada. Parabéns pelos 15 anos!

Verônica disse...

adorei a historia de vocês, muito bonita.

e eu também gostei muito do conteúdo do seu blog, gostaria de enviar uma proposta de artigo, caso tenha interesse, por favor, entre em contato pelo meu email, (veronica.fassoni@gmail.com).

Abraços,
Verônica
www.falaturista.com.br

Diário da mãe e da filha disse...

Amiga, acredita que ganhei mais um concurso, rs. Estou sortuda essa semana né? rsrs.

Beijos

Carolina disse...

uau que história linda!

Dedinhos Lambuzados disse...

Oi, Lívia !
Parabéns !
Vim esplorar um pouquinho seu lindo blog e aradecer a visitinha e comentário.
Visite nossos blogs parceiros ( você que tem um fofinho tão fofo, vai aproveitar bem !)vou deixar os endereços aqui, sim ?
http://tecendo-historias.blogspot.com e http://canto-do-conto.blogspot.com
Bjs !

Anônimo disse...

Líii...amei relembrar tudo que vocês (nós) passamos...muito emcionante. Amo vocês.

Parabéns

Beijos,

Laura

Cristiane disse...

Linda sua historia viu!! Olha eu não sabia que vc tinha este blog tbm. Amei visitá-lo e vou sempre estar aqui. Linda a decoração da sua casa tbm. cris

Ana disse...

Parabéns atrasado!
Vida longa ao casal!
Passei aqui para desejar um Feliz Natal para a familia!
Beijão!

Larissa Zago disse...

Li e Rafa
Linda a história de vocês! Parabéns. Agora eu sei porque que quando você olha pro Rafa dá ver uma adoração nos seus olhos e vice-versa, é uma coisa inexplicável...ou melhor...é AMOR VERDADEIRO...
BJos Larissa