segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Onde foi parar a educação???

(imagem tirada da internet)

No sábado, fiquei chocada com uma cena que aconteceu comigo e com meu filho...
Logo cedo levei o Henrique na aula de natação. Ele fez a aula muito animado e feliz... Super fofo e obediente!!!


Acabou a aula, fomos para o vestiário, dei banho nele e comecei a trocá-lo. Ele como sempre, quietinho, um amor, sem pronunciar nenhum som, só observando o que se passava em sua volta!!!
Então, um menino de mais ou menos 3 anos (acompanhado da mãe dele), também tomou banho e a mãe dele o estava trocando. Do nada, o menino começa a falar bem alto para o Henrique: "_ Nenê feio! Nenê chato!!!" e repetiu essa frase cerca de quatro ou cinco vezes... A mãe dele não se pronunciava e não o repreendia!


Eu fingi que não escutei e o Henrique não entendeu nada!
Depois de repetir a frase várias vezes, o menino falou: "_ Eu vou bater no nenê!" e mais uma vez a mãe não falou nada! Ele repetiu mais uma vez... Até que o menino perguntou para a mãe: "_ Posso bater nele?" e a mãe respondeu: "_ Você tem motivo?".


Estou boba até agora com a situação! Nossa sociedade passa por um momento violento, época de bullying, preconceitos... e a mãe responde isso para o filho?
Fiquei pensando que é por isso que pessoas entram atirando nas pessoas no cinema, batendo com tacos de baseball na cabeça de pessoas em livrarias, colocando fogo em mendigos e índios... Porque talvez eles acreditem que tinham um motivo! Afinal de contas, tudo pode ter um motivo, ainda que banal ou simplesmente porque não fomos com a cara de alguém!


É assim que se educa filhos?


Eu sou muito exagerada ou tenho motivos para estar indignada até agora com o ocorrido?


Lívia.

13 comentários:

Sylvia disse...

Nossa Livia
Estou passada!!! Como assim, vc tem motivo? Que raio de mãe é essa? Ela tinha era que ter dado uma bronca no menino e pronto. Vc está certissima em educar bem seu filhote... ela é que é estranha.
Beijos

Mari Hart disse...

Esses são nossos futuros adultos! Não culpo a criança inocente, e sim essa mãe irresponsável. Sim, pq o não educar é uma irresponsabilidade tremenda! Ai que raivinha que fiquei por vc! Humpf.

beijos em vcs!

MÃE DO GUI disse...

TO BOBA!!!! ABSURDOOOOOOOOO

Lívia,

Vc não é exagerada, essa mãe é uma idiota cretina, prontofalei!!!
Vc é um anjo e uma ótima mãe, pq se fosse eu, tinha dito ao menino que se ele batesse no meu filho eu ia bater nele e na mãe dele tb! srsrsr, pior que mesmo sabendo que isso ia ser errado, eu ia fazer mesmo!!!

Ninguém mais educa os filhos não?

Bjokas Jana

Paloma Gavazza disse...

Nossa vc tem motivos sim pra ficar indignada! Eu tb ficaria e muito. Que mãe mas sem noção, quer dizer que poderia existir um motivo pra um menino de 3 anos querer bater em um bb?? oiiii?? Meu deus quantas mães assim existem né? Que absurdo!

Paula disse...

Livia vc esta certissima. COmo é possivel que a mae fique calada diante disso e q nao o repreenda, e ainda seja conivente com a atitude dele. Triste, muito triste. CV tem razao, por isso o povo faz oq quer e os pais passa a mao na cabeca. Q raiva!! Beijos pra vc e pro Henrique

Minha Filha Minha Vida disse...

Oi Livia !!! quantas e quantas vezes eu apareci por aqui, deixei recado, acompanhei (eu sempre gostei muitão do seu cantinho) mas dai como eu acredito muito na troca e ela nunca acontecia eu decidi parar de seguir, vc não imagina como fiquei feliz ao ver seu comentario lá no meu cantinho .... seja bem vinda por lá SEMPRE e eu já estou te seguindo novamente rsrsrsrsrs

ps.: quanto ao post, fim dos tempo, qui adulto esta criança vai se tornar .... é como eu sempre digo para mim mãe quando ela insiste em dizer .... tadinha ela só tem 1 ano .... e eu respondo exatamente pisca denovo e ela vai ter 18 então vamos educar desde já .... e olha que minha princesa não esta nem perto de atitudes assim tão tão tão (desculpa não encontro nem palavras) ....

muitos beijos

Paty disse...

Oi Lívia, caramba! Fiquei boba com o seu post.. Que tipo de mãe é essa?? Não sei como vc conseguiu manter o sangue frio. Acho que se fosse comigo, teria rodado a baiana nesse vestiário. Super errado também, mas sabe aquela coisa de não mexe com quem tá quieto? Afe! como pode existir no mundo uma mãe tão sem noção??

Pausa para respirar fundo e acalmar...

Agora quero agradecer sua visitinha no blog. Vc será sempre muito bem vinda por lá!!

Beijos
Paty
www.profissaomamae.blogspot.com

Ilana Galhardi disse...

É um absurdo!!!! Talvez eu tivesse falado "vc não vai bater no meu filho não!" e olhado bem feio para a mãe...
Mas não sei se teria coragem. Pois ontem tb vivenciei a má educação de um senhor muito mal humorado!
Eu estava com meu filho na sala de espera da pediatra distraindo-o com uma revista. Ele estava no meu colo enquanto eu mostrava imagens de nenês e algumas mulheres na sala riam achando-o uma gracinha, pois meu filho falava "nenê", mas começou querer sair do meu colo e eu continuei controlando a situação. Eis que o senhor falou "que sarna, desde pequeno já é uma sarninha, imagina quando crescer!" Eu tb fingi que não ouvi, mas ele repetiu a frase ainda mais alto para a sala inteira ouvir...
Meu filho de 1 ano só queria descer do meu colo, e falava no tom normal dele "Nenê", não gritava, nem esperneava, nem andava pra lá e pra cá, nada...
Há muita gente má educada, ou pior, egocentrica....

bjos

Ps: Li, esta tudo ótimo sábado! Nós adoramos!

Diário da mãe e da filha disse...

Lívia, você tem motivos para ficar indignada com a situação, um horror! um absurdo!

Amei seu blog, obrigada pela visita!

Beijos

Nine disse...

Gizuis! Que horror, dá até medo do futuro, não dá? Minha mãe nunca me permitiria falar daquele jeito, credo!

Ana disse...

Pois é Livia.
Já vi muita mãe comemorar pq o filho bateu de volta pq tinha motivo...
É assim que ensinam a resolver os problemas.
Isso para mim é preguiça, puramente preguiça de educar.
Não tenho paciencia para isso não, me estresso facil! Rs
Beijos!

Chris Ferreira disse...

Oi Li,
que coisa mais louca! Deus queira que essa criança aprenda coisas boas com outras pessoas.
Dá uma vontade danada de defender a nossa cria, né?
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Chris Ferreira disse...

Oi Li,
que coisa mais louca! Deus queira que essa criança aprenda coisas boas com outras pessoas.
Dá uma vontade danada de defender a nossa cria, né?
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/