domingo, 10 de julho de 2011

A Casa

Depois de um ano do nascimento do meu filho, resolvi postar algo que eu já havia postado num antigo blog meu (que já nem existe mais...), mas que me faz lembrar de quando o Henrique ainda estava em minha barriga...


... Durante a minha gravidez eu pensava muitas vezes em uma música do Vinícius de Moraes: " A Casa" e cheguei a uma conclusão.
Já vou contar que conclusão é essa. Antes, preciso dizer que quando um artista compõe uma música, pinta um quadro, faz uma escultura, uma coreografia, ele expressa emoções e pensamentos dele, porém, o espectador pode senti-la e interpretá-la de acordo com a sua vivência e os seus sentimentos... Por isso, ao pensar na música "A Casa", pensei que talvez, a casa citada por ele seja a barriga da mãe, que abriga o bebê tão esperado...
É uma casa engraçada por não ter teto, por não conseguirem entrar nela, pois quando " a casa da barriga da mãe" se forma, o óvulo já foi fecundado e ninguém mais pode entrar... A casa não tem chão, não tem parede, penico... mas, a casa era feita com muito esmero, cuidado, perfeição, porque realmente é um milagre da vida, de Deus!
A "Casa" é feita na rua dos bobos, porque os pais, a família, todos que são ligados àquela gravidez, ficam bobos. Bobos no bom sentido...
A "Casa" tem número zero porque a barriga é marcada pelo umbigo, que tem a forma de 0...
Não é uma graça pensar na letra dessa música com essa interpretação?
Acho que tem sentido!

E vocês, o que acharam? Espero que tenham gostado!


(imagem tirada da internet)

Agora vou postar a letra da música:

A CASA

" Era uma casa
Muito engraçada
Não tinha teto
Não tinha nada
Ninguém podia
Entrar nela, não
Porque na casa
Não tinha chão
Ninguém podia
Dormir na rede
Porque na casa
Não tinha parede
Ninguém podia
Fazer pipi
Porque penico
Não tinha ali
Mas era feita
Com muito esmero
Na rua dos bobos
Número zero." 

(Vinícius de Moraes)


Lívia.

(Esse post estava anteriormente em meu antigo blog. Como não escrevo mais nele e gostava deste post, aproveito para dividi-lo com vocês.

4 comentários:

Nine disse...

Achei muito legal essa sua comparação Livia! Faz todo sentido mesmo!

Obrigada pelo carinho de sempre lá no blog, tá?

Com o tempo tudo ficará melhor e eu voltarei com mais afinco!

Beijos,
Nine

Ilana Galhardi disse...

Nossa, nunca tinha pensado nesta música desta forma!!!
Achei o máximo! Tem tudo a ver!
Muito boa interpretação!!!
Parabéns!!!

Ps: Dá uma saudade de ter nossos bebês na barriga, não dá?

bjos

Ana Carolina disse...

Gostei muito dessa interpretação! Obrigada pela força lá no meu blog, adorei suas palavras. Logo voltarei a escrever! BJKS

Ana Carolina
quasemaepai.blogspot.com

Sara Lima Saraceno disse...

Oi!!! Obrigada por visitar meu blog... o seu é um encanto!!! Adorei sua interpretação da casa!!
Bjo