quarta-feira, 29 de junho de 2011

São João, São João, Festa Boa, Viva São João...

Desculpem a falta de posts da minha parte. Estou voltando a trabalhar e correndo como uma louca nas últimas semanas. Eu não abandonei o blog, mas não tenho nem olhado para ele direito. Visitar os outros (que tanto gosto!!!) então, é quase uma missão impossível! Logo as coisas darão uma acalmada e eu poderei voltar para o meu cantinho com um pouco mais de sossego!!!


Bom, vamos ao assunto do post:


Junho é sinônimo de Festa Junina...
Fiz um chá junino aqui em casa para o Henrique e o Gabriel. Eles comemoraram juntos a primeira Festinha Junina...
Foi bem divertido!
Para comer tinha: pão de queijo, doce de batata-doce, doce de abóbora, bolo, cocada e cuzcuz (trazido pela Ilana. TKS, amiga!!!). Para beber tinha suco de maracujá, água e chá!
Além desse chá junino, eu, o Rafael e o Henrique fomos a uma Festa Junina na casa dos meus tios. O Henrique viu pela primeira vez uma fogueira e AMOU!!! Queria ver a fogueira em todos os momentos!!!
Foi muito divertido! Confiram as fotos!!!

(Chá junino)

(Oba!!! Festança boa!!!)

(...Quanta comilança!!!)

(Henrique vendo a fogueira pela primeira vez...)

(Henrique com o tio Marcelo)

(Henrique com a tia Laura)

(Henrique com a priminha Bia)

"Pula fogueira iaiá,
Pula fogueira ioiô,
Cuidado para não se queimar,
Olha que fogueira já queimou o meu amor..."

Até mais novidades!!!

Lívia.

domingo, 19 de junho de 2011

Prezados Leitores,


Mais uma vez eu tomo a liberdade de usar o espaço da Lívia para dar um testemunho. Apesar de ter sido um marido relapso nas últimas três semanas, não deixei de ler o maravilhoso post que ela fez para o dia dos namorados (o qual comemoramos com toda a pompa e circunstância que a data merece, apesar da minha ausência dos eventos familiares nessas últimas semanas).


Por conta disso, ao invés de simplesmente responder ao post dela na forma de comentário, resolvi fazer uma postagem para agradecer ao carinho das suas palavras, bem como para tentar traduzir o que a presença dela representa na minha vida.


Embora eu tenha insistido nessa tentativa, tenho a certeza que nem com todas as palavras da nossa língua eu conseguiria agradecer a Deus por ter colocado uma pessoa como ela no meu caminho. 


Só posso dizer que realmente sou um cara que tem muita, mas muitas sorte mesmo, por ter achado alguém como ela para dividir minha breve passagem por esse mundo. Esse é o sinal mais claro que tenho que felicidade em um relacionamento não é algo fácil de se conseguir, e que achar alguém em quem você possa confiar e com quem você possa dividir sua história é uma questão de sorte, tanto quanto de mérito.


Lívia, eu quero dizer que te amo. Não aquele amor fácil que encontramos nos romances de folhetim, onde tudo o que existe na outra pessoa parece perfeito e que todos os meandros da história nos levam ao final feliz.


O amor que eu sinto por você é aquele amor um pouco mais complicado. Aquele que se fortalece mesmo depois de cada briga, que persiste mesmo nos momentos de desentendimento, que serve como salva-vida nas tormentas que vez por outra assolam o nosso caminho.


O amor que eu sinto por você é aquele que, apesar dos nossos quase 15 anos de relacionamento, se reacende a cada vez que vejo um sorriso seu, que só me permite imaginar dividir minha velhice com você, que só admite uma companheira para dividir o que tenho de bom ou ruim no meu coração.


E para os leitores, meus votos podem ser traduzidos em um trecho final de um poema de Vitor Hugo (muito bem musicado pelo Frejat):


"Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar"


Abraços a todos


Rafael

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Dia dos Namorados

Hoje, vou postar um texto em homenagem ao Dia dos Namorados, em homenagem ao meu marido... Rafa, para você que até hoje acendeu muitos fósforos em meu coração (um a um), dedico a Lenda da caixa de Fósforos do filme "Como Água para Chocolate":

"..Minha avó, Luz do Amanhecer, que era uma índia kickapoo dizia que todos nascem com uma caixa de fósforo dentro de si... Mas não podemos acendê-los sozinhos. Necessitamos, como em uma experiência de oxigênio, da ajuda de uma vela. Só que em nosso caso, o oxigênio deve vir do hálito da pessoa amada... a luz da vela pode ser qualquer coisa: uma melodia, uma palavra, uma carícia, um som... qualquer coisa que dispare o detonador e acenda um dos fósforos.
Agora, cada pessoa tem que descobrir quais são seus detonadores para poder viver... porque é a chama de apenas um fósforo que nutre a alma de energia.
Se não há detonador para os fósforos, a caixa umedece e jamais poderemos acender nenhum deles. Há muitas maneiras de secar uma caixa de fósforos úmida. Pode ter certeza de que tem remédio. Claro que também é importante acender os fósforos um por um, porque, se uma emoção intensa acender todos de uma só vez, produzirá um resplendor tão forte, que aparecerá diante de nossos olhos um túnel esplendoroso que nos mostra o caminho que esquecemos ao nascer e nos chama  de volta à nossa perdida origem divina."

(Do filme: Como água para chocolate)


Agora, para quem tiver paciência, segue esse trecho do filme. Vale a pena assisti-lo até o final!


Rafa, te amo imensamente e sempre te amarei! Obrigada por fazer parte da minha vida há quase 15 anos! Obrigada por compartilhar tudo comigo, bons e maus momentos...
Obrigada por fazer de mim a mulher, esposa e mãe mais feliz e realizada do mundo!!!
Te amo demais!!! 

Feliz Dia dos Namorados!!!

Sua eterna namorada, Livia.



...E um Feliz Dia dos Namorados a todos...!!!




Ah! Vale a pena dar uma olhada em meu outro blog e dançar juntinho ao som de Smile...

quarta-feira, 1 de junho de 2011

1 ano de amor incondicional... Dia de festa!!!

HENRIQUE, PARABÉNS PARA VOCÊ, NESTA DATA QUERIDA!!!



Henrique: Pode existir um nome que contenha tanta riqueza como esse?
Acredito que não! Pois esse é o seu nome, filho! A nossa maior riqueza!


Hoje você faz um ano e não existem palavras suficientes para eu agradecer ao Papai do Céu por ter colocado você em nossas vidas!


Como o tempo passou rápido!!! Parece que foi ontem que descobri que estava grávida! Parece que foi ontem que você saiu da minha barriga! Tenho medo que o tempo passe depressa demais!!!
Foi por isso que larguei tudo: quis me dedicar a você, te dar atenção, carinho, amor e ver todas as suas descobertas e evoluções... Não quero perder nada! Não quero ficar um minutinho sem você!!!
Quero ver seu rostinho, sentir suas mãozinhas, te ver dormir, mamar... Quero ver você acordar todo sorridente, quero andar segurando as suas mãos, quero ver seu sorriso cada vez que descobre algo novo ou escuta uma música. Quero estar com você em todos os momentos... Quero estar com você quando for o seu primeiro dia de aula e no dia de sua formatura. Quero te contar segredos e ouvir os seus... Quero compartilhar sentimentos e te ajudar nas suas dificuldades, medos e aflições... Quero estar com você durante toda a sua vida e quero ser um exemplo para você! Quero que se orgulhe de mim e que saiba que sempre poderá contar comigo! Quero que você seja um homem de bem, honesto, carinhoso, com valores e princípios (assim como o seu papai). Eu e o seu pai te amamos demais!!!
Sei que no futuro, na sua adolescência, você poderá nos achar chatos e caretas, mas sei que no fundo seremos sempre o seu exemplo e o seu porto-seguro.
Ah! E sei que valeu, vale e sempre valerá a pena ter tido VOCÊ, nosso amado filho!


Desde o dia em que descobri que estava grávida, comecei a escrever uma espécie de diário para você e continuo escrevendo até hoje. Nele você poderá ler mais tarde tudo o que aconteceu durante a minha gravidez com você, comigo e com o papai... Nossos sentimentos, nossa alegria, nossos desejos, seu crescimento, as descobertas... Seu nascimento, sua evolução, a nossa evolução como pai, mãe e como família...


Depois de relatar a minha descoberta (da gravidez) em seu diário, veja o que escrevi para você:


"Querido bebê,


Você não imagina a felicidade que é para mim e para o papai sabermos que logo, logo você chegará. Nós esperamos muito pelo dia em que eu descobriria que estava grávida e quando esse dia chegou foi o dia mais feliz das nossas vidas!
Eu e o papai estamos radiantes com a notícia de que você está na minha barriga e tenha certeza: nós te amamos muito e amaremos para sempre!


Um beijinho!              Mamãe."


Foram muitos relatos, muitas cartinhas e confissões...


Veja tudo o que aconteceu em seu primeiro ano de vida:


01/06/2010 - Você nasceu!
30/06/2010 - Seu primeiro sorriso.
09/08/2010 - Sua primeira gargalhada!
27/08/2010 - Pegou sozinho um brinquedinho na mão (pegou do tapete)
29/08/2010 - Comeu a primeira papinha (mamão amassadinho)
30/08/2010 - Pegou seu pézinho pela primeira vez.
31/08/2010 - Estava de lado e virou de bruços.
01/10/2010 - Primeira papinha salgada.
09/10/2010 - Colocou o pézinho na boca.
                     Foi para a sua primeira aula de natação
Segunda semana de outubro - Sentou sozinho (sem apoio) e começou a ficar em pé sozinho segurando  
                                              as argolas do quadradinho.
29/11/2010 - Virou de lado várias vezes (deitado).
05/12/2010 - Você foi batizado!
07/01/2011 - Começou a se levantar sozinho (sentado/ em pé).
26/01/2011 - Engatinhando perfeitamente.
05/02/2011 - Começou a chamar e fazer tchau com as mãozinhas...
16/02/2011 - Começou a ficar em pé sozinho (sem apoio).
26/02/2011 - Seu primeiro dentinho (de baixo) saiu de vez!
15/02/2011 - Começou a falar mamã e nenê!
05/03/2011 - Começou a falar papá!
07/03/2011 - Primeiros passinhos!
09/03/2011 - Primeiro corte de cabelo.
23/03/2011 - Primeira viagem.
03/04/2011 - Aprendeu a falar: Caiu!
20/04/2011 - Andando para valer!!!
09/05/2011 - Senta quando te pedimos e faz cadê com a mãozinha.
12/05/2011 - Primeira travessura: tirou sua fralda e ficou peladinho!
                   Aprendeu a dançar.
13/05/2011 - Dentinho de cima rasgou...
21/05/2011 - Abaixa e levanta no quadradinho para brincar de esconder.
                   Falou: Ique. Papai disse Henrique, então você consertou: Rique!


São tantas evoluções, tantos acontecimentos...


Nesse primeiro ano veja quantas comemorações e passeios: (por ordem de acontecimento)


_ Copa do Mundo (2010), aniversário da tia Carol, aniversário da vovó Rita, passeios em vários shoppings, casamento do Vinícius e da Roberta, meu aniversário, Dia dos Pais, aniversário do papai, passeio na Fazendinha do Chocolate, conhecemos a praça do Exagero em Itu, aniversário do vovô Jorge, casamento do Rodolfo e da Marcela, dia das crianças (festa de Halloween - com você fantasiado de abóbora), aniversário do vovô Célio, seu batizado, Natal, Ano Novo, falecimento da bivó Conceição, aniversário da vovó Rô, Carnaval (você de leãozinho na Natação e de palhacinho no Clube), exposição Água na Oca, Zooparque de Itatiba, Viagem para Ubatuba, aquärio de Ubatuba, Projeto Tamar de Ubatuba, Páscoa, aniversário da tia Laura, Dia das Mães...
Além disso foram muitas lanchonetes e restaurantes, aniversários de amigos da mamãe e do papai e de amiguinhos seus...


Filho, eu e o papai te amamos demais!!! Continue sempre trazendo muita alegria para as nossas vidas!!!
Que o Papai do Céu te abençoe e cuide sempre de você!!!


Ah! Parabéns pelo seu primeiro aniversário!!!


Beijinhos!!!


Mamãe e Papai...


Obs: Você é o nosso anjinho... Continue sempre assim!!!